Outubro 20, 2014, 07:30:09 pm

Autor Tópico: Tutorial Acionador do Tensor da Corrente de Comando  (Lida 91602 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

Offline Konishi

  • Ironbutt do FOL
  • ******
  • Mensagens: 7.107
  • Sexo: Masculino
  • Araraquara SP
Tutorial Acionador do Tensor da Corrente de Comando
« Online: Abril 26, 2008, 10:17:59 am »
A corrente de comando faz na moto o mesmo papel da correia dentada nos carros. Basicamente o conjunto consiste da corrente metalica na Falcon, com um tensionador de plastico que é empurrado contra a corrente através de uma mola denominada de tensionador da corrente de Comando.

Essa mola é denominada de acionador do tensor plastico e com o tempo, o tensor plastico vai se desgastando e a mola vai se expandindo até que ela nao terá mais força para manter a corrente de comando esticada. Nao é uma mola comum, é mais parecida com uma mola de dar corda e a medida em que ela gira, um pistao se protrui do acionador ( uma peça cilindrica) e vai empurrando bem no meio do tensionador da corrente( uma peça plastica levemente curvada, parecendo um limpador de parabrisas ).

Em algumas motos nao tem esse sistema, mas na Falcon , sim. Na XT tambem. Ao se remover o tensionador, existe o risco da correia dentada pular alguns elos (sair de posiçao), principalmente se esta estiver no final da sua vida útil.

Na Falcon isso é mais dificil de ocorrer.

Voce reconhecerá quando o seu acionador do tensor da corrente de comando estiver fraco pelos barulhos que a moto começa a fazer. De inicio intermitentes e fracos, depois vao se tornando mais constantes e cada vez maiores os barulhos.

Segundo os amigos do FOL, nao tem grandes problemas rodar com o tensionador fraco , mas vai incomodando o barulho que faz.  Uma corrente de comando frouxa, vai se desgastar mais rapidamente do que uma esticada. 

Exixstem Tres opçoes para se trocar esse acionador( mola) da corrente de comando:

A) Substituir por outro acionador original

B) Substituir por um acionador catracado

C) Recondicionar a mola do acionador


No meu caso, segui o caminho do Caê e graças ao amigo BB, que tinha um acionador velho removido de outra Falcon, mandamos a tal peça para recondicionamento. Aí, foi só remover a peça desgastada da minha moto e colocar a recondicionada no lugar. Funcionou direitinho.


Vamos as fotos da substituiçao do acionador do tensor da corrente de comando da Falcon:

1- A posiçao do acionador na Falcon requer a remoçao do tubo de descarga do escapamento para melhor acesso< devendo-se soltar os parafusos do tubo de saida do motor


2- A seguir, solta-se a junçao com o escapamento da moto, propriamente dita:



3-Com paciencia, em movimentos de vai e vem, vai-se puxando os tubos da curva do escapamento para a frente



Até se remover todo o conjunto dos tubos da curva do escapamento :


Uma vez removido os tubos da curva do escapamento, fica facil o acesso ao tensionador da Falcon, que é preso por tres parafusos na vertical. Notem na foto a chave em L :


A seguir a foto do tensionador removido com a sua junta. Em algumas motos ela vem colada na tampa:


Aqui o Djalma do MotoNey mostrando como se testa o acionador: Coloca-se uma chave de fenda no orificio do meio e se gira ela no sentido Horario. Se a mola estiver fraca, quase nao existe resistencia. Com a peça nova ( ou recondicionada), temos que fazer força para girar a mola.


Podemos ver a peça antiga ao lado da recondicionada:



Na recondicionada tem um formato diferente na extremidade ativa do tensionador, mas sem problemas, visto esta peça ser de empurrar e nada mais...

Um exame mais acurado, mostra na peça que removemos, qual a atual posiçao do cursor (pistao) do acionador, no caso, estava com uma marca no meio do pistao, indicando ainda ter outra metade para tensionar a corrente, o problema era mesmo a mola fraca que chegava até esse ponto e perdia a força para contiuar a protruir o pistao que empurra o tensionador da corrente.


Na remontagem, foi passaod uma tenue camada de junta liquida na junta original do tensionador que removemos:

Inserimos a junta no seu lugar na peça :


E em seguida recolocamos o tensionador em seu local de origem. Com a ajuda de uma chave de fenda , fazemos uma rotaçao para diminuir a tensao da mola no centro e poder encaixar a peça no local.



Colocamos os parafusos de volta:




Destas vez, para apertar o parafuso, o Djalma usou uma ponta de uma chave de impacto com uma chave encaixada no seu eixo hexagonal ( para melhro acesso):



E pronto. Sem grandes dificuldades. Acionamos a moto, e .... o barulho sumiu !

Depois foi só recolocar a curva do escapamento no seu devido lugar. Recomendamos checar juntas e caso encontrem alguma defeituosa, troquem...

Os parafusos do escape deveria ser recobertos na rosca por uma pasta de montagem, bem como o tubo de encaixe da proçao mais distal ( de tras) da curva do escapamento.

Isso ajuda a prevenir ferrugem por corrosao entre metais diferentes( corrosao dieletrica) e tambem previne que os parafusos engripem futuramente.  Deveria ser rotina o uso de pastade montagem na moto ( anti seize), tem um topico sobre isso no FOL. ( anti seize)

Viram que nao é tao dificil assim? É só trabalhoso, nao precisa trocar o oleo da moto.

AH, o mais importante:

JAMAIS TROQUE O TENSIONADOR DA CORRENTE DE COMANDO COM A MOTO QUENTE, ela tem de estar compeltamente fria !

Já a troca da corrente de comando, heh, tem de desmontar meio motor...

Depois eu posto um texto de outro autor sobre o assunto.

Abraçoa a todos e por favor, os colegam mais experientes, qeu corrijam detalhes e nos dem mais dicas sobre o assunto.

Abraços do Konishi





« Última modificação: Março 03, 2009, 11:42:11 am por Konishi »


Paz e amor Bixo ! E moto na estrada !

Offline ruan bosa

  • Enrolando o cabo
  • ****
  • Mensagens: 324
  • Sexo: Masculino
Re: Tutorial Acionador do Tensor da Corrente de Comando
« Resposta #1 Online: Abril 26, 2008, 11:09:42 am »
VLwwwwww konishi!!
era td que eu precisava hehehehe
queria saber se os catracados é o mesmo sistema!? se a colocacao dele tmb é por fora!
a minha tah com 13 mil e tah começando a bater será q 13 mil nao é precose?!
Falcon 2007

Offline André BB

  • ADMINISTRADOR
  • Ironbutt do FOL
  • *****
  • Mensagens: 4.705
  • Sexo: Masculino
  • Indaiatuba - SP
Re: Tutorial Acionador do Tensor da Corrente de Comando
« Resposta #2 Online: Abril 26, 2008, 11:38:21 am »
Konishi,

Fico feliz em saber que o acionador resolveu seu problema...  :thumleft: :thumleft:

Não se esqueça de me mandar o retirado para repor o meu de reserva.. quem sabe ele não serve para algum outro amigo um dia...  :wink:

Ruan, no caso do catracado a técnica para troca é a mesma... mas o funcionamento não...  :wink:

Se quiser posso passar o contato com o cara que montou este para o Konishi e você pode retificar o seu...  :wink:
« Última modificação: Abril 26, 2008, 11:39:38 am por André BB »
André BB®
"Não faças da tua vida um rascunho. Poderás não ter tempo de passá-la a limpo" (Mário Quintana)
"O que mais surpreende é o homem... - ...Vive como se nunca fosse morrer e morre como se nunca tivesse vivido."
 (Dalai Lama)

Offline Leandro 'Fofão'

  • Ironbutt do FOL
  • ******
  • Mensagens: 1.925
  • Sexo: Masculino
  • Sorocaba - SP
Re: Tutorial Acionador do Tensor da Corrente de Comando
« Resposta #3 Online: Abril 26, 2008, 01:43:09 pm »
Grande Konish  :cheers:, td bem?

excelente tópico :thumleft:

o meu está precisando ser trocado. está na fase intermitente. às vezes faz o barulho, às vezes não.

mas tb, já são 81kkm rodados. isso é, se de fato o velocimetro está marcando o km original. ou seja, durou bem.

devo precisar ir em Sampa nesta semana e se de fato for mesmo vou passar na oficina indicada pelo Caê para pegar um para mim tb. Trocar logo essa parada.

 :cheers:

Offline Konishi

  • Ironbutt do FOL
  • ******
  • Mensagens: 7.107
  • Sexo: Masculino
  • Araraquara SP
Re: Tutorial Acionador do Tensor da Corrente de Comando
« Resposta #4 Online: Abril 26, 2008, 02:18:37 pm »
Ruan, o meu começou  a fazer barulho aos 17 kkm.

Leandro, vc nao imagina como é bom nao escutar mais aquele barulhinho, haha.

BB, disponibilize aqui o nome , o telefone ,e o e mail do cara qeu fez o serviço da substituiçao da mola do tensor. Diga a ele que ficou dez, ele colocou uma mola bem mais forte do que a de um original novo. Gostei.

Abraços a todos
Paz e amor Bixo ! E moto na estrada !

Offline f.quebramar

  • Ralando as pedaleiras
  • *****
  • Mensagens: 529
  • Sexo: Masculino
  • USHUAIA 2007 RJ-RJ
Re: Tutorial Acionador do Tensor da Corrente de Comando
« Resposta #5 Online: Abril 26, 2008, 02:50:30 pm »
Ei Konishi,
Valeu pelo tutorial!!
Obrigado por todas as dicas..
Lendo FOL e aprendendo...!!

Um abraço..
 

Evandro

  • Visitante
Re: Tutorial Acionador do Tensor da Corrente de Comando
« Resposta #6 Online: Abril 26, 2008, 03:59:49 pm »
Agora sei.. graças ao nosso mestre Jedai, mais coisas sobre a mecânica na Falcon..

valeu Konishi!

Offline Konishi

  • Ironbutt do FOL
  • ******
  • Mensagens: 7.107
  • Sexo: Masculino
  • Araraquara SP
Re: Tutorial Acionador do Tensor da Corrente de Comando
« Resposta #7 Online: Abril 26, 2008, 04:37:40 pm »
Obrigado pelos elogios, mas eu nao sou entendido em mecanica, sou apenas curioso e gosto de aprender. Tem muita gente no FOL que manja muito mais do que eu. Mas devagar vou aprendendo com os amigos....
Paz e amor Bixo ! E moto na estrada !

Offline Filipe EB

  • Ironbutt do FOL
  • ******
  • Mensagens: 1.077
  • Sexo: Masculino
  • São Paulo - SP
Re: Tutorial Acionador do Tensor da Corrente de Comando
« Resposta #8 Online: Abril 26, 2008, 06:40:30 pm »
Valeu muito pela dica Konishi.

Abs Filipe EB :salut:
Filipe - ID 936*27986
E por aí vai...
Fiat-Uno "caixinha"
GS 500 2008 "Preta"
YES 2009 "Cacilda"...
NX-4 Falcon 08 Vermelha "Cathryna"...
XR 200R 1996...
YBR 2002...

Offline Gil Rizzi

  • Pilotando na boa
  • ***
  • Mensagens: 293
  • Sexo: Masculino
Re: Tutorial Acionador do Tensor da Corrente de Comando
« Resposta #9 Online: Abril 26, 2008, 11:42:41 pm »
Galera, a minha esta com 10.000km e acho barulhenta mas todos falam que é normal.... sera que tenho como "mensurar" o quanto esse tensionador esta gasto para poder fazer a troca? Vejo que tem gente que troca com 20.000 e tem gente que troca com 40.000, não me importo de gastar um dinheirinho agora com 10.000 se for para diminuir esse barulho que me enche o saco  hum., hum., hum., sem dizer que adoro por a "mão na massa" e graças a ilustração do colega Konish achei muito facil fazer essa troca.... ieba ieba ieba

abraços for all

Offline Rad

  • Ironbutt do FOL
  • ******
  • Mensagens: 6.186
  • Sexo: Masculino
  • Bahia
Re: Tutorial Acionador do Tensor da Corrente de Comando
« Resposta #10 Online: Abril 27, 2008, 12:19:39 am »
Konishi maravilha seu post  :thumleft:
Se todos fotografassem e tivesse a sua humildade e vontade de partilhar informações, a "onda" tava fú hehehehe.

E muitos amigos se lessem, sofreriam menos, seja trocando 2/3 baterias por causa de um teste simples de retificador e tantos outros exemplos  :thumleft: Se aprende muito num fórum, quando existem amigos de boa vontade, e amigos com ansia de conhecimento.

Eu nunca troquei o acionador, incrível a moto 2001 foi vendida com 120 e tantos mil km´s e tava ok, até a hora da venda,, no finalzinho ela começou a titacar,, e o amigo Leandro enviou pelo correio um acionador  que tinha em casa sobrando,,,

muito bom contar com Vcs.

Leandro amigo, manda seu endereço que te enviamos o tensionador, ainda tá na caixa zero km  :hahaha

Offline Gustav0

  • Ironbutt do FOL
  • ******
  • Mensagens: 1.048
  • Sexo: Masculino
  • Vitória - ES
    • Relatos de Moto
Re: Tutorial Acionador do Tensor da Corrente de Comando
« Resposta #11 Online: Abril 27, 2008, 12:30:23 am »
parabens!!!  muito bom mesmo.. o konishi passou um dia na oficina e chegou no FOL cheio de tutoriais... rsrsrsrsrs

em outro topico eu falei que ia pegar um tensor desse numa oficina aqui que tinha um monte... ai pedi meu amigo para ir la pegar p/ mim e ele me falou que o mecanico jogou todos no lixo!!!
:/

Offline Konishi

  • Ironbutt do FOL
  • ******
  • Mensagens: 7.107
  • Sexo: Masculino
  • Araraquara SP
Re: Tutorial Acionador do Tensor da Corrente de Comando
« Resposta #12 Online: Abril 27, 2008, 12:38:32 am »
Olá Gilmar, acho que nao tem muita lógica quanto à durabilidade do esticador nao. Mas aparentemente existe um consenso que além do barulho nao existem'grandes danos a medio prazo o fato de esta mola estar ficando fraca , mas podem ocorrer desgastes prematuros na corrente a longo prazo. Em outras palavras, temos muitos amigos ( nao vou citar nomes) que rodaram mais de ano sem Problema algum além do barulho...

Rad, aprendi muito com você tambem, o pessoal do FOl é dez !

Aí Leandro, ganhou um tensionador na caixa do Rad !

Encontrei no Moto Dicas, um artigo sobre teste das correntes de comando, escrito por um tal de Post:
Quarta-feira, 26 de Março de 2008
Teste da Corrente de Comando
Teste da Corrente de Comando - Para quem tem pouco conhecimento: O comando de válvulas na moto é transmitido através de uma corrente (ou vareta, nas mais primitivas) ligada no eixo da cambota (virabrequim) até o eixo de comando na parte superior do motor, nos carros usa-se correia dentada. Com o uso, a corrente apresenta fadiga e para compensar isso existe um tensor de baquelite, fixo na parte posterior do motor para guiá-la, e na parte traseira há um tensor móvel, o qual é pressionado contra a corrente pelo Acionador do Tensor da Corrente de Comando.

 Nas motos Honda de 200 a 250cm³ nacionais as quais fazem uso da mesma peça, tem-se freqüentemente notado a fadiga do Acionador do Tensor da Corrente de Comando, e isso ocorre sem um período base de uso, podendo ocorrer aos 3000km de uso ou 50000km.

A forma com que foi arquitetada a peça faz com que a mesma retorne com a vibração da corrente. Pode ocorrer também o limite de uso da corrente de comando e o tensor permanecer funcional.

 O que acontece é que às vezes é trocada a corrente sem ter sido dada uma atenção especial no acionador do tensor da corrente de comando que às vezes é o culpado.

 A troca da corrente pode até resolver o problema por alguns meses, porque com a corrente nova, o acionador do tensor vai trabalhar no início do seu curso (maior pressão da mola).

Segue abaixo como examinar na sua moto, onde está localizada a fadiga.

1 - Para começar, retire o escape da moto (XR 200 e Tornado), no caso da XR 200 deve-se retirar o motor de arranque também (dá para retirá-lo sem retirar o carburador, será necessária uma chave combinada de 10mm).

2 - Com uma chave allen de 5mm retire o acionador do tensor (nas motos mais novas é um parafuso sextavado de 8mm, fazendo-se necessário o uso de uma chave canhão soquete), o qual estará totalmente estendido (com a ponta pra fora).

A partir daí já pode ser iniciado o teste do conjunto.

 3 - Com o acionador todo estendido, tente recolocá-lo na base onde estava, forçando um pouco na sede com a mão, para esticar a corrente.
 Se ficar alguma distância entre a peça e a parede do motor, significa que você ainda tem corrente em condições de uso.
  Quanto menor essa distância entre a peça e a sede, implica em desgaste mais acentuado da corrente. Acionador do tensor estendido. Acionador sendo colocado na sede para testar desgaste da corrente. Não reparem que eu estou mostrando em um cilindro vazio.

 4 - Agora nos resta fazer o teste do acionador, simularemos com as mãos o funcionamento da peça no motor. Com ele todo estendido, coloque a peça com a ponta para baixo em cima de alguma superfície.Com uma mão aberta faça um pouco de pressão em cima da peça (como na figura abaixo) e com a outra mão, dê umas "marteladas" em cima de sua mão para verificar se a peça cede sob pressão.

 A pressão com a mão simula a pressão entre o acionador e o tensor, enquanto que as pancadas com a outra mão simula a vibração do motor.

Se isso acontecer e a peça recolher, significa que o acionador deve ser trocado, caso contrário pode recolocá-lo no lugar.

5 - Recolocação da peça na sede (finalização dos testes). Para se recolocar a peça no lugar, deve-se recolher a ponta da peça que agora se encontra estendida. Pra isso abra a tampinha que tem na parte externa com uma chave philips (vulgo estrela), e agora com uma pequena chave de fenda, gire no sentido horário até a ponta recolher totalmente, quando isso acontece ela trava com a ponta recolhida e assim permanece quando se retira a chave. Peça sendo recolhida para recolocação.

 6 - Reencaixe a peça no motor, troque a junta se necessário e fixe com os parafusos, com uma pequena chave de fenda, gire no sentido horário a peça para destravá-la. Uma pancada, com o cabo de um martelo, por exemplo, também faz com que a peça destrave e voltei a acionar o tensor. Após isso feche a tampinha.

Uma observação: Na twister o exame pode ser simplificado da seguinte forma, como o escape não passa pela frente do acionador. Basta retirar a tampinha e colocar uma chave de fenda pequena (tudo isso sem desmontar nada, com a peça no motor). Dê partida na moto e com a chave de fenda, gire no sentido anti-horário, se o motor parar de bater corrente, significa que você ainda tem corrente em condições de uso, caso contrário, deve ser trocada.

Se o acionador do tensor da corrente de comando estiver com a mola cansada, quando acelerar a moto, você vai ver a chave de fenda girar no sentido horário sozinha (acionador recuando com a vibração da corrente)!!! Isso implica em dizer que o mesmo deve ser trocado.

Quando se faz necessária à troca do acionador do tensor da corrente de comando, eu particularmente, não recomendo a peça original, pois irá entrar em fadiga novamente, mais cedo ou mais tarde (já acompanhei alguns casos).

 Aconselho a utilização da peça paralela produzida pela Plasmoto que além de ter a qualidade já comprovada (nunca vi queixas e eu mesmo uso há quase um ano), é mais barata que a original. Há também a mesma peça produzida pela WGK que parece ser ligeiramente mais barata que a da Plasmoto, mas usam o mesmo princípio de montagem.

O diferencial na peça paralela é que usa um sistema de cremalheira com uma trava que permite a peça avançar e jamais recua, então não há como perder eficiência, a corrente só vai sacolejar quando realmente extrapolar a sua vida útil, fazendo agora só a troca da corrente e de repente seria até bom dar uma verificada se os tensores estão legais na hora da troca da corrente, coisa fácil de se verificar.

Fonte: http://motodicas.blogspot.com/2008/03/teste-da-corrente-de-comando.html
Paz e amor Bixo ! E moto na estrada !

Offline nobru981

  • Esquentando
  • **
  • Mensagens: 34
  • Sexo: Masculino
  • adventure spirit nx4 falcon/sp-mg
Re: Tutorial Acionador do Tensor da Corrente de Comando
« Resposta #13 Online: Outubro 23, 2008, 10:43:47 am »
eu troquei o tensor 2 vzes colokei um catracado rodei uns 4 meses e ? espanou a catraca num lembro a marca  mas devia ser  vagabunda,agora colokei um da motostreet muito bom ta fazendo ate um barulho gostoso  no motor eu estou com o origianal,so aki onde eu moro nao sei se eles recodifica. abraços .

Offline ROGERIO DE OLIVEIRA

  • Esquentando
  • **
  • Mensagens: 26
  • Sexo: Masculino
  • ôpa! bão?
Re: Tutorial Acionador do Tensor da Corrente de Comando
« Resposta #14 Online: Dezembro 21, 2008, 07:09:39 am »
Konishi,
excelente tutorial!

Como gosto de por a mão na massa, acabei de trocar o acionador do tensor. Coloquei um da WGK, com "catraca":
http://picasaweb.google.com/novembroemmilhoverde/AcionadorDoTenso#5282290785166936162
http://picasaweb.google.com/novembroemmilhoverde/AcionadorDoTenso#5282290827278908258

Comparando o original e o novo paralelo, achei o paralelo maior e lendo alguns relatos aqui no FOL fiquei meio cismado... será que o novo não vai tensionar demais a corrente de comando?
http://picasaweb.google.com/novembroemmilhoverde/AcionadorDoTenso#5282290924668840050

De qualquer forma, aquela barulheira chata sumiu! Preço do acionador paralelo em BH: R$50,00 (Motofort, na Pedro II).

Alguém já colocou esse "catracado" e teve problemas?

Um abraço a todos!
« Última modificação: Dezembro 21, 2008, 07:16:22 am por ROGERIO DE OLIVEIRA »
Roger - BH